Sobre a REFORMAR

A REFORMAR - Research for Mozambique é uma organização de pesquisa, formação e advocacia, com o objectivo de promover os Direitos Humanos no campo da justiça criminal em Moçambique e outros Países de língua oficial Portuguesa.

A REFORMAR reconhece que

  • os Direitos Humanos em sistemas de justiça criminal são constantemente violados;
  • a defesa e promoção de Direitos Humanos em justiça criminal pressupõe pesquisas baseadas em evidências;
  • a importância da formação e capacitações constantes de todos os actores que trabalham no sector de justiça criminal para ampliar o conhecimento e mudar comportamentos e
  • as reformas baseiam-se no desenvolvimento de leis, políticas e práticas.

O trabalho da REFORMAR está ancorado ao direito internacional, regional e nacional. A REFORMAR trabalha em parceria com organizações locais, assegurando o aprendizado e o crescimento mútuos. Sempre que possível, a REFORMAR apoia as reformas em parceria com as partes interessadas para garantir a apropriação local dos progressos e a transferência de competências.

A REFORMAR trabalha em vários idiomas mas garante que, a nível internacional e regional, eventos tenham em consideração a importância da língua Portuguesa assim como documentos sejam sempre traduzidos em língua Portuguesa, para a interação do público Lusófono com a maioria dos Países da África, Anglófonos e Francófonos.


Quem Somos

Tina Lorizzo

Tina Lorizzo é fundadora e Directora da REFORMAR. Pesquisadora associada à Africa Criminal Justice Reform (ACJR) na Universidade do Cabo Ocidental, África do Sul, Candidata à Doutorado pelo Centro de Direito Comparado em África na Universidade da Cidade do Cabo, ela trabalha sobre a África Lusófona.

As suas áreas de pesquisa são a reforma prisional; polícia e policiamento e, em particular, questões como a prisão preventiva, a proibição e a prevenção da tortura, justiça juvenil, constitucionalidade da legislação penal e direito consuetudinário.

 

Vanja Petrovic

Vanja Petrovic é uma colaboradora externa da REFORMAR com base em Joanesburgo, África do Sul. Profissional com dez anos de experiência em projetos de desenvolvimento internacional relacionados à boa governação, estado de direito e direitos humanos, além de pesquisas acadêmicas relacionadas à justiça criminal e social.

Ela possui um MPhil em Criminologia, Direito e Sociedade pela Universidade da Cidade do Cabo (UCT). Seus interesses de pesquisa estão relacionados aos direitos civis e políticos, direitos dos reclusos, crianças em conflito com a lei, vitimologia e direitos das vítimas.

 

Rosa de Americe Cumbe

Rosa de Americe Cumbe é jurista e pesquisadora da REFORMAR. Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Eduardo Mondlane, Rosa tem um grande interesse pela protecção dos direitos humanos no País.

Rosa teve já a oportunidade de estagiar no Centro de Pratica Jurídica (CPJ), da Faculdade de Direito da UEM, onde pôde aplicar na prática os conhecimentos teóricos adquiridos ao longo da sua licenciatura.

Actualmente a Rosa encontra-se inscrita na Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM) como advogada estagiária.